Arquivo do blog

Conheça-me

Geovani P.Cruz
Florânia, Rio Grande do Norte, Brazil
Formado em Pedagogia pela UVA, professor da rede municipal de ensino, agricultor e vereador.
Visualizar meu perfil completo

Parceiros

Tecnologia do Blogger.

Acessos

contador free
segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

NACIONAL: MINISTRO ANUNCIA R$ 1 BI PARA AJUDAR A PAGAR PISO DOS PROFESSORES


O MINISTRO DA EDUCAÇÃO, FERNANDO HADDAD, FALA NO RECIFE SOBRE O PISO SALARIAL DOS PROFESSORES DA REDE PÚBLICA.

O MINISTRO DA EDUCAÇÃO, FERNANDO HADDAD, AFIRMOU NESTA SEGUNDA-FEIRA QUE O GOVERNO FEDERAL VAI DISPONIBILIZAR R$ 1 BILHÃO DE RESERVA PARA AUXILIAR OS MUNICÍPIOS QUE NÃO CONSEGUIREM PAGAR O NOVO PISO NACIONAL DOS PROFESSORES, QUE TEVE UM REAJUSTE DE 15,8% NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA. O VALOR VAI SUBIR DE R$ 1.024 PARA R$ 1.187 PARA DOCENTES DE NÍVEL MÉDIO QUE CUMPREM CARGA HORÁRIA DE ATÉ 40 HORAS.

HADDAD FALOU SOBRE O NOVO PISO EM ENTREVISTA COLETIVA À IMPRENSA NESTA MANHÃ, APÓS AULA MAGNA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNABUCO (UFPE), EM RECIFE. SEGUNDO O MINISTRO, SE ALGUM MUNICÍPIO NÃO CONSEGUIR PAGAR O MÍNIMO DEVE ENVIAR A PLANILHA DO SEU ORÇAMENTO PARA O MINISTÉRIO.

O MINISTRO TAMBÉM INFORMOU QUE, ALÉM DOS RECURSOS DISPONIBILZIADOS PELO GOVERNO FEDERAL PARA ATENDER IMEDIATAMENTE OS MUNICÍPIOS, O ORÇAMENTO DO FUNDO DA EDUCAÇÃO BÁSICA (FUNDEB) PARA ESTE ANO PREVÊ MAIS R$ 10 BILHÕES PARA ESTE FIM.

"A EDUCAÇÃO DEVE VALORIZAR O PROFESSOR. QUEREMOS QUE ELE GANHE O MESMO QUE OUTRO PROFISSIONAL DE NÍVEL SUPERIOR NO SERVIÇO PÚBLICO", DISSE HADDAD, MINIMIZANDO AS CRÍTICAS DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS (CNN), QUE AFIRMOU QUE O REAJUSTE DEVERIA TER SIDO FEITO EM ABRIL, QUANDO JÁ TERÁ SIDO CONTABILZIADO O VALOR EXECUTADO DO FUNDEB.

DETERMINADA COM BASE NO CUSTO POR ALUNO DO FUNDO, A LEI DO PISO PREVÊ QUE NENHUM PROFESSOR DE NÍVEL MÉDIO PODE GANHAR MENOS DO QUE O MONTANTE FIXADO PELO MINISTÉRIO.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

FLORÂNIA: Câmara Municipal, realiza a 2ª Sessão Ordinária, sem a transmissão da Rádio, mas, com disputa nas Comissões entre Situação X Oposição.

Vereador Geovani Pereira(PSB): "Sou OPOSIÇÃO até 31/12/2012, em respeito aos sentimentos manifestado pela população na eleição de 2008, e por compreender que posso continuar colaborando com Florânia, e zelando pelos princípios que regem a DEMOCRACIA e os valores morais e éticos que precisam ser conservados na política!"

Vereadores Galo(PT) e Magnus(PR), antes, adversários, hoje, aliados e liderados pelo Prefeito Sinval Laurentino.

O Poder Legislativo de Florânia, realizou a 2ª sessão ordinário de 2011, nesta manhã de quarta-feira(23), às 10:30 hs. Com a presença de (08) Vereadores e ausência de (01), o Presidente João Maria de Souza(PMDB), secretariado pelo Vereador Paulo Dehon, após verificado a presença dos Vereadores: Toni, Galo, Magnus, Zequinha, Paulo Dehon, Márcia Rejani e Geovani Pereira, com a ausência da vereadora Josineide, o Sr. Presidente deu início a Sessão, que teve em pauta as seguintes matérias:

DE AUTORIA DO PODER EXECUTIVO
● Projeto de Lei nº 001/11 – altera a Lei nº 337/91 e 447/97;
● Projeto de Lei nº 002/11 – autoriza o Poder Executivo a ratificar sua participação no consórcio Público Intermunicipal de Saúde dos Municípios da Micro Região do Seridó Oriental, e dá outras providências.


DE AUTORIA DO PODER LEGISLATIVO

● Projeto de Lei nº 001/11 – dispõem sobre a regularização dos terrenos e casas concedidos pelo poder público municipal de Florânia e dá outras providências. De autoria do Vereador João Maria de Souza. (PMDB)
● Decreto Legislativo nº001/11, Requerimentos n°s 003, 004. De autoria da Ver. Márcia Rejani.(DEM).
● Requerimento nº 001/11 – autoria do Ver, Saint Clay.
● Requerimento nº 002/11 – autoria do Vereador Geovani Pereira Cruz.
● Requerimentos nºs 005; 006; 007; 008; e Moção de Pesar – autoria do Vereador Tony.

As matérias de autoria do Poder Executivo e o Projeto de Lei nº 001/11 de autoria do Ver. João Maria de Souza seguiram para as Comissões Permanentes para receberem pareceres. Já as matérias de Requerimentos, Decreto e Moção de Pesar, foram submetidas a aprovação do Plenário, sendo todas aprovadas por unanimidade.

O segundo momento da sessão ficou por conta da ELEIÇÃO DOS MEMBROS das Comissões Permanentes, que são em número de 05, sendo as seguintes:

● LEGISLAÇÃO E JUSTIÇA;
●FINANÇAS, ORÇAMENTO E TRIBUTAÇÃO;
●OBRAS, SERVIÇOS PÚBLICOS, AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE;
●EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E JUVENTUDE;
●SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL

Quando o Sr. Presidente João Maria de Souza, informou que daria início a apresentação das composições apresentadas que formará as Comissões Permanentes, para ocuparem as funções de Presidente, Relator e Membro, o Vereador Geovani, que não figurava em nenhuma das funções, pediu a palavra, e manifestou o interesse de colocar o seu nome para concorrer a cargos de algumas das comissões, como Presidente e Relator, seu pedido foi acatado pelo Sr. Presidente, que deu abertura ao processo de votação. A primeira disputa aconteceu pelo o cargo de Presidente da Comissão de LEGISLAÇÃO E JUSTIÇA, concorrido pelo Vereador Geovani e Tony Jr. Sendo eleito o vereador Tony por 07(sete) votos a 01(um). A segunda disputa aconteceu entre os vereadores Geovani Pereira e Saint Clay(Galo) para ocuparem o cargo de Relator da Comissão de FINANÇAS, ORÇAMENTO E TRIBUTAÇÃO, sendo eleito o vereador Galo por 07(sete) a 01(um). A terceira disputa se deu para concorrer ao cargo de Presidente da Comissão de OBRAS, SERVIÇOS PÚBLICOS, AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE, sendo disputado pelos vereadores Geovani Pereira e Magnus Lopes. Sendo eleito o vereador Magnus Lopes por 07(sete) votos a 01(um). A quarta disputa se deu para concorrerem ao cargo de Relator da Comissão de EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E JUVENTUDE, sendo disputada entre os vereadores Saint Clay(Galo) e Geovani Pereira, sendo eleito o vereador Galo por 07(sete) votos a 01(um). Ao final do processo de votação, após composta as Comissões, restou a vaga de MEMBRO da Comissão de Saúde e Assistência Social, e como não lhe restava outra alternativa, o Vereador Geovani Pereira, deixou o seu nome a disposição do Sr. Presidente João Maria de Souza, para que se o mesmo achasse conveniente o indicasse, sendo assim, constituída as Comissões Permanentes:

I – LEGISLAÇÃO E JUSTIÇA
Presidente – Toni Junior
Relator – Paulo Araújo
Membro – Márcia Nobre

II – FINANÇAS, ORÇAMENTO E TRIBUTAÇÃO
Presidente – Paulo Araújo
Relator – Saint Clay
Membro – Tony Junior

III – OBRAS, SERVIÇOS PÚBLICOS, AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE
Presidente – Magnus Lopes
Relator – Márcia Nobre
Membro – Saint Clay

IV – EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E JUVENTUDE
Presidente – Paulo Araújo
Relator – Saint Caly
Membro – Toni Junior

V – SAÚDE E ASSITÊNCIA SOCIAL
Presidente – Márcia Nobre
Relator – Magnus Lope
Membro – Geovani Pereira

NO GRANDE EXPEDIENTE:

O vereador Geovani, discursou na tribuna, parabenizando e desejando ao novo Presidente João Maria de Souza, felicidades, sucesso, na sua missão de presidir com transparência e responsabilidade o Poder Legislativo de Florânia, lembrando que da mesma forma que recebeu sua contribuição quando fora Presidente, retribuirá da mesma forma lhe apoiando sempre que for possível, prezando pelos princípios que regem o exercício da vereança.

Se referindo ao processo de eleição das comissões, falou: “Quero que todos os colegas Vereadores tenham a certeza, que continuarei como dantes, respeitando, pacificando, mas, sem abrir mão de defender os ideais, os projetos que sempre defendi, por compreender que são importantes para a população floraniense, continuarei vereador de “OPOSIÇÃO” em respeito aos sentimento e aos 415 votos recebidos em 2008, e porque tenho a convicção que ser de oposição não significa dizer que não pode contribuir com o município, prova é, que em 2009 e 2010, como oposição conseguimos grandes investimento de recursos para Florânia como: Construção de Creche, Reforma do Teônia Amaral, PELC, Reformas habitacionais, Pavimentação de Ruas e estradas vicinais, apoiamos os funcionários da educação e saúde em seus encaminhamentos. Tudo que fizemos foi pensando em fazer por Florânia. E é o que continuarei fazendo como vereador de OPOSIÇÃO, em paz, em harmonia, com autonomia e liberdade de pensar e agir, apoiando o que for ao bem da população, e proporcionando um diálogo e discussão no que merecer ser discutido, de forma democrática e transparente como fiz hoje nesta sessão para fazer valer o exercício e o princípio da democracia. Não adiante pensarem que nos dias atuais, será possível estabelecer um sistema de governo absolutista e totalitarista, que seja possível e capaz de anular a idéia de uma oposição, isso seria contrariar os princípios que regem o estado DEMOCRATICO de direitos e deveres que fora uma conquista da sociedade brasileira ao longo de décadas. Hoje, em Florânia, só resta na oposição o Vereador Geovani, e serei oposição até o final do meu mandato em 31 de dezembro de 2012, respeitando a todos os colegas que somaram na situação, mas, também esperando da mesma forma o respeito de todos. Sou OPOSIÇÃO, com paz, tranqüilidade, Inteligência e responsabilidade, sem brigar, mas, sem calar a minha voz, meus sonhos e sentimentos, e assim finalizou”.

Postado por Geovani P.Cruz

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

RN: Greve dos professores em Natal, Fátima critica postura da Prefeita Micarla de Sousa


A deputada federal Fátima Bezerra (PT) criticou na tarde de segunda-feira(21) a postura da prefeita de Natal, Micarla de Sousa, com relação à greve dos professores da rede municipal de ensino deflagrada no dia 11 passado.


“Em vez de retomar o diálogo, a prefeita prefere o caminho da punição. Ela pediu à Justiça a ilegalidade da greve. Acho um fato lamentável e espero que a prefeita repense sua posição porque greve e conflito não se resolvem com medidas autoritárias, se resolvem com diálogo. Além disso, as reivindicações são justas e necessita de um exame mais cuidadoso por parte da prefeita porque milhares de alunos estão sem aula”, declarou a deputada (na foto).
Fátima esteve no final da tarde desta segunda-feira na Praça Sete de Setembro, na Cidade Alta, na movimentação realizada pelos professores em greve.

Fonte: BlogdoRobsonPires.
segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

FLORÂNIA: LIXO NAS RUAS, PRÉDIOS PÚBLICOS EM RUÍNAS, TÃO QUERENDO CULPAR A POPULAÇÃO !!! E O QUE FAZEM COM OS IMPOSTOS QUE O POVO PAGA ????????

Coisas que acontece em Florânia, cidade interiorana da região Seridó, terra de Cosme de Abreu Maciel, misturada pelo clima quente do sertão e o micro clima da região serrana, onde Nossa Senhora Santana e das Graças, lá do alto reza e abençoa a todos os floranienses, atualmente, com população de 9.659, segundo o censo do IBGE realizado em 2010. Em pleno século XXI, onde a prestação dos serviços públicos básicos de responsabilidade da Prefeitura Municipal, como: Saúde, Educação, Ação social, Agricultura e Meio Ambiente, Segurança Pública, andam precarizados, a cada dia piores, com os mais altos índices de ineficiência e rejeição popular. Onde funcionários públicos da saúde e educação são perseguidos, desprestigiados e desvalorizados com salários atrasados, reduzidos e defasados pelo não cumprimento das leis por parte do Gestor municipal(Prefeito).

Terra que o Sr. “Prefeito Sinval Laurentino(PTB)” recebe mensalmente dos cofres públicos a bagatela de R$ 12.000,00, gasta anualmente a título de diárias administrativas outra bagatela de R$ 40.000,00, e ainda tem sua clã familiar nutrida pelo erário público, tudo isso, em nome de uma suposta “Paz pública”.

Diante disto, o que poderia sobrar para a população floraniense principalmente os mais carentes? Aqueles de baixa renda que vivem a mercê dos serviços públicos básicos como saúde, educação, Ação social e Urbanização! Obviamente nada, ou quase nada!

Todavia, pasmem, “estão querendo se utilizar da mídia manipulável, para insinuar e convencer que o acúmulo de LIXO nas vias e logradouros públicos é culpa do povo”.

Eis a questão. Se a única medida adotada pela Prefeitura se resume na rotineira e insuficiente coleta semanal, sem nenhum trabalho preventivo e educativo! Naturalmente, não podendo e nem devendo guardar e armazenar o LIXO em suas casas, o que cabe a população é colocá-los de forma devida nos perímetros das vias públicas, para que seja feito a “Coleta”, a final, pra que pagamos os impostos?

No entanto, diante da ineficiência crônica da ação pública em Florânia, como acontece na saúde, educação etc ... Também, na coleta de lixo, que é feita e custeada com os impostos que todo o cidadão paga, é, em primeiro lugar DEVER E OBRIGAÇÃO da Prefeitura que recebe os nossos impostos, todos os meses, em 03 três parcelas, precisamente nos dias 10, 20 30, impostos estes que devem ser convertidos em ações e utilidades públicas, com transparência, eficiência e eficácia. O que não acontece!

ALERTA !!!
Portanto, não se surpreendam, da mesma forma que criaram e aprovaram no limiar de 2010, mais um imposto(CIP), para a população compulsoriamente pagar e custear as luzes dos postes das vias públicas, sob o argumento de que “quem usa e precisa e a população” ... Muita atenção, diante de tamanha ousadia, os que estão no poder poderão da mesma forma, criar mais uma taxa para onerar ainda mais a população, no caso, para a coleta eficiente de LIXO, isso, sob o mesmo argumento de que “quem usa e precisa e a população”!

Assim sendo, todo o cuidado é pouco, estamos diante de uma Gestão sem rumo, sem prumo, desastrosa, cômica, charada, porém, midiaticamente ousada que sabem muito bem, criar eventos de calouros, tipo, o Cassino do Chacrinha ... concurso de piadas ... o bloco dos afortunados ... Miss 2011 ... por ultimo o clube do bolinha, onde todo mundo canta, bebe, fala, enrola e bate palmas para o Palhaço do picadeiro, e nada de interessante e legal acontece !!!


Contudo, para concluirmos o presente gênero textual, visualizando e legitimando o enunciado vejam e reflitam a cerca das fotos a seguir, depois tirem as conclusões:

Fotos do Blog do tonny e inforside:
Lixo e poda de árvores que passam dias para serem recolhidos pelo órgão responsável, assumi a paisagem natural das ruas.

As bancas da Feira-Livre, onde é colocado frutas e verduras para atender a população, guardadas a céu aberto sem nenhuma proteção, sem higiene e falta manutenção.

Prédio Público que abriga a Casa de Mel, construído pelo governo do Estado à dois anos, sem nenhuma manutenção por parte do município, está em péssimo estado de conservação colocando em risco a higiene e a segurança nas atividades que são desenvolvidas.

PERGUNTA: E os impostos que a população paga todos os dias, pra onde está indo ???


Por favor desça mais um pouco ...................................



Mais um pouquinho ........................................



Achou !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

"Está construindo novos caminhos ? "




sábado, 19 de fevereiro de 2011

FLORÂNIA:Ano letivo sem data programada para início, sem merenda escolar para educação infantil, reflete a confusão da gestão Salomão Laurentino(PTB)

Enquanto isso: o “menino” está passeando em SAMPA !!!
Deixa o menino passear !!!

A cidade de Florânia localizada na região Seridó, com população aproximada a 10.000 habitantes, vive em toda a sua história administrativa a pior fase, e paradoxalmente situações inusitadas: enquanto grupos políticos desfrutam benefícios do recente "acordão político" em nome da mantença do poder e de favorecimentos de meia dúzia de privilegiados, tendo como suporte o uso indevido da máquina pública e como critério a politicagem e a barganha como moeda de troca de favores para minimizar problemas judiciais que envolve desvio de dinheiro público.

Enquanto isso, a população assiste a tudo perplexa diante de um cenário de descaso, abandono e descompromisso total com o povo, como por exemplo: Professores com salários atrasados e defasados, desrespeitados e humilhados em seus direitos, ano letivo sem data certa de começar, por falta de merenda escolar e transporte, na área da saúde o descaso é maior, com filas intermináveis de exames e consultas a mais de 05 meses, falta remédios na farmácia básica, dos quatros PSFs, na maioria das vezes apenas dois funcionam, e por cima com a equipe incompleta, não existe um plano ou programa de atendimento com campanhas educativas e preventivas, na área de Ação Social não há conhecimento de nenhuma campanha ou atividade que justifique a unidade orçamentária, a não ser o visível cabide de emprego que dá sustentação a meia dúzia de privilegiados e familiares do Prefeito, na área de esporte as Quadras e Ginásios estão abandonadas em precários estado de conservação e a juventude não tem nenhum apoio para a prática esportista como acontecia no passado bem recente. As ruas esburacadas, lixos espalhados por todo lado. Na zona rural, as estradas estão esburacadas por falta de manutenção, vários postos de saúde estão fechados e funcionários concursados que deveriam está atendendo as comunidade, estão cedidos para municípios vizinhos, a mais de dois anos deixando a população sem nenhum tipo de atendimento médico, nem mesmo o de rotina.

Para comprovar o presente gênero textual, veremos a seguir uma série de paisagens que retratam a mais pura verdade de um cenário verídico de descaso, descompromisso, desmantelo e falta de respeito para com a população, não se assustem, isso é apenas o começo:

Rua Professor Manoel Fernandes, buracos e crateras disputam lugar com as pessoas.


Quadra de Esporte da comunidade jucuri, abandono, depreciação, e sem atividades.

Quadra de Esporte do Povoado João da Cruz, tomba e cai como prova de descaso com o dinheiro público.

Principal Ginásio de Esporte da Cidade no Bairro Paz e Amor, depreciação, falta de manutenção e sem calendário para práticas esportivas.

Ginásio de Esporte do Bairro Rainha do Prado, fechado, deteriorado e sem atividades.

Bairro Cohab, Praça Airton Laurenitno, mais conhecido como a Praça Muçambê, cenário tomado por lixo e desprezo.


quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

EDUCAÇÃO: As nossas crianças e adolescentes em meio aos apelos do mundo consumista. Que devemos fazer?


ARTIGO

As nossas crianças e adolescentes em meio aos apelos do mundo consumista. Que devemos fazer?

As crianças e os adolescentes do mundo contemporâneo vivem rodeados pelos apelos consumistas, os quais ditam um padrão de qualidade para existir nos grupos sociais. Em virtude disso os pais passam por um momento crucial onde estabelecer limites e conscientizar os filhos das condições reais para a sobrevivência na atualidade, são critérios importantes.

Saber dizer “sim” e saber dizer “não”, faz a diferença no diálogo entre pais e filhos. Principalmente, quando as nossas crianças e adolescentes querem seguir os modismos que em sua maioria custam muito caro às famílias.

Faz-se necessário conscientizarmos os nossos filhos de que este momento da vida deve ser dedicado a formação escolar. Embora possam se divertir, passear com amigos, as nossas crianças e adolescentes precisam saber, que é nesta fase da vida que construímos os nossos conhecimentos e personalidade. Estudar deve ser o maior compromisso.

Não podemos ceder aos desejos consumistas dos nossos filhos, pois estaremos formando consumidores compulsivos. Tentemos mostrar-lhes o que é fundamental e o que é supérfluo. O supérfluo aliena as mentes das crianças e adolescentes, além de valorizar o capitalismo selvagem que impera em nosso mundo.

Não podemos estimular o supérfluo, quando estamos rodeados de pobreza e miséria, em nosso mundo globalizado. Precisamos mostrar aos nossos filhos que o mais importante é investir na formação intelectual, que passa necessariamente pela formação escolar. Devemos estimular a leitura, a pesquisa e a boa conversa. Devemos apoiar a escola em que nossos filhos estão sendo formados. As nossas escolas são excelentes! Os nossos professores são brilhantes! Resta-nos acompanhar o dia-a-dia de nossos filhos, para darmos apoio e suporte necessários aos seus professores e a escola enquanto comunidade viva e importante para o contexto social.

Nesta difícil tarefa de educar devemos contar com o apoio da escola, que é sem sombra de dúvida grande parceira.

Agindo desta maneira estaremos contribuindo para que nossas crianças e adolescentes não sejam reféns dos apelos consumistas.

Encaminhar nossos filhos a religiosidade é fundamental para a paz na educação familiar. Incentivemos os nossos filhos a participarem dos eventos religiosos, independente da crença:católicos ou protestantes, o mais importante é mostrar-lhes o caminho que leva a Deus.

Incentivemos os nossos filhos para que façam parte dos grupos de cultura (teatro, dança esporte), enfim, dos movimentos culturais do nosso município. Nossa cultura é riquíssima! Temos história.

Priorizemos para os nossos filhos uma formação intelectual fundamentada na honradez, na retidão de caráter, bem como na valorização da ética enquanto princípio fundamental para o homem.

Conversemos com eles de forma sincera, clara, sem preconceitos, reconhecendo seus limites e defeitos para que desta forma possamos ajudar-lhes a superar seus limites.

Respeitemos as nossas crianças e os nossos adolescentes como pessoas que têm individualidades e características singulares!

Acima de tudo sejamos responsáveis por eles e pelos seus atos!
Abraços: Divoene Pereira Cruz Silva
Pedagoga e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

sábado, 12 de fevereiro de 2011

FLORÂNIA: Ginásio Poliesportivo sem manutenção a mais de 04 anos e sem calendário de eventos “Esportivos” para os jovens, será investigado pelo MP

Ginásio Poliesportivo Pe. Sinval Laurentino, sem receber cuidados e manutenção da prefeitura se desgasta.

Acatando a denúncia protocolada por uma moradora do Bairro Paz e Amor, a Promotora de Justiça Substituta da Comarca de Florânia, Marília Regina Soares Cunha, publicou a Portaria nº 004/2011 – PJF, e instaurou o Inquérito Civil Público nº 003/2011 com objetivo de fiscalizar a emissão de ruídos sonoros durante a realização de eventos no Ginásio Poliesportivo Pe. Sinval Laurentino de Medeiros.

Como diligências iniciais, a Promotora requisitou ao Comandante do Destacamento da Polícia Militar de Florânia, que proceda vistoria no Ginásio Poliesportivo, no horário das festividades, e realize a medição correspondente, informando o resultado no prazo de 10 (dez) dias úteis.

A Promotora também solicitou ao Prefeito Municipal de Florânia, informações acerca de como se dá o procedimento de autorização para realização de festas e eventos no local. Também foi enviada notificação ao Senhor David Araújo, o popular “Davi da Caern”, para que compareça a Promotoria de Justiça a fim de prestar informações sobre os eventos que realiza na cidade.

RN: De autoria da Deputada Márcia Maia(PSB), Projeto Zilda Arns é sancionado pelo Governo do Estado.

Deputada Estadual Marcia Maia(PSB) do Rio Grande do Norte.

As ações em favor dos direitos da criança e do adolescente ganharam um novo aliado. Foi sancionado pelo Governo do Estado e publicado no Diário Oficial no último dia 8, o projeto Zilda Arns Neumann, de autoria da deputada estadual Márcia Maia.

Aprovado na última sessão ordinária de 2010, o projeto de lei tem por objetivo homenagear as melhores ações municipais desenvolvidas no estado do Rio Grande do Norte em favor da criança e do adolescente.

A proposta, apresentada pela parlamentar em abril do ano passado, é estimular os gestores dos municípios a desenvolverem políticas públicas em favor do segmento a fim de elevar os indicadores sociais e a qualidade de vida da população. "A exploração, a falta de oportunidades e a violência contra crianças e jovens é uma doença social que só terá cura se todas as instituições, desde o Legislativo ao Judiciário, junto com a população reconheçam seu papel e a força da soma de esforços para fortalecer essa rede de proteção aos nossos jovens", avaliou a parlamentar.

Segundo a deputada, em seu quarto mandato no Legislativo, a forma e os critérios para a concessão do prêmio serão estabelecidos e regulamentados por uma comissão especial a ser criada pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social.

A escolha do nome da médica sanitarista e benfeitora social Zilda Arns Neumann para o prêmio se deve a sua luta incansável pelo bem-estar do ser humano e, principalmente, pela juventude.

NACIONAL: Marco Maia confirma votação do salário mínimo na quarta-feira

Presidente da Câmara, Dep. Marco Maia - PT

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia(PT), confirmou a intenção de votar o novo valor do salário mínimo na quarta-feira (16), em uma sessão extraordinária. A votação deverá ser precedida de um amplo debate em comissão geral marcada para terça-feira. “Vamos ouvir empresários, sindicalistas, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que vai trazer argumentos do governo, e parlamentares da oposição”, afirmou Maia na manhã desta sexta-feira, em entrevista na TV Câmara.

A expectativa de Marco Maia é que os deputados votem o tema com responsabilidade, dando ao mínimo o valor mais adequado, mas respeitando o equilíbrio econômico e fiscal do País. “Eu acho que o bom debate do tema, à luz do que será o Brasil daqui para frente, vai permitir que o Congresso vote o novo valor e, principalmente, a política de reajustes do mínimo.”

O Executivo encaminhou ao Congresso projeto de lei que estipula o valor do salário mínimo em R$ 545 para 2011 e estabelece diretrizes para sua política de valorização entre 2012 e 2015. Duas emendas também serão analisadas: uma, do DEM, prevê o mínimo de R$ 560; e a outra, do PSDB, prevê R$ 600.

Caso o projeto seja sancionado neste mês, a Medida Provisória 516/10 fixará o mínimo em R$ 540 apenas em janeiro e fevereiro. A proposta do Executivo não prevê pagamento do novo valor do mínimo retroativo a 1º de janeiro, data de validade da MP.

Olimpíadas

Segundo Marco Maia, outros assuntos que deverão entrar na pauta do Plenário da próxima semana são as MPs 501/10, que trata de créditos do BNDES; e 503/10, que cria a Autoridade Pública Olímpica (APO) para coordenar as ações governamentais relacionadas à realização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. A MP 501 foi aprovada pela Câmara em dezembro e retornou do Senado.

“Se votarmos o salário mínimo e avançarmos nas medidas provisórias, começaremos bem nosso trabalho”, acredita o presidente.

Balanço

Marco Maia também fez uma avaliação positiva do início dos trabalhos na Câmara. Duas comissões foram propostas – a de prevenção de catástrofes e a da reforma política – e duas MPs foram aprovadas – a 502/10, que cria duas modalidades de bolsa-atleta, e a504/10, que permite ao governo criar escritórios da Embrapa no exterior.

Em relação à reforma política, Marco Maia avalia como bom o momento para análise do tema, uma vez que há um clamor social e vontade dos deputados e também da presidente Dilma Rousseff. “Podemos sonhar com uma reforma ampla. Mas, se ela for fatiada, também contribuirá para melhorar a estrutura política brasileira”, disse Maia.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

EDUCAÇÃO: Os grandes líderes e suas trajetórias







ARTIGO

A história da humanidade foi e continua sendo marcada pela presença de grandes líderes: homens e mulheres que ousaram, lutaram, desbravaram e construíram a sua história e da sociedade na qual estiveram e estão inseridos.

Desta forma, se constituíram líderes. Conquistaram este direito: o direito de exercer a liderança outorgada pela credibilidade das pessoas. A liderança originada dos embates, das vitórias e lutas que ultrapassaram o tempo e as adversidades, se fez verdadeira, uma vez que foi construída dia-a-dia. Por isso jamais será usurpada ou roubada. Como também uma liderança não é comprada ou produzida artificialmente.

O fenômeno da liderança requer tempo e história em prol da humanidade. Os líderes se são capazes de agirem contra as desigualdades, as injustiças e as violências que assolam os seres humanos e quebram ciclos viciosos de domínios imperialistas.

Nossos líderes, chamados de heróis se destacaram e se destacam por enfrentarem situações adversas, conflituosas, conseguindo vencer barreiras, antes nunca vencidas. Quando esses homens agem em defesa dos direitos humanos, a história se faz e as suas trajetórias se diferenciam, pois imprimem em seus atos os interesses coletivos.

Lembremos: Gandhi, Mandela, Che Guevara, Olga, Evita, Dom Hélder, Irmã Dulce, Madre Tereza de Calcutá, Irmã Dorothy, Chico Mendes, Paulo Freire, Lula, enfim, ícones que mudaram a história dos seus contemporâneos. Todos eles ocupando espaços diversos em seus contextos sociais.

A liderança é a capacidade de se construir em meio a adversidades, conflitos, e necessidades humanas. Os líderes independentes das origens são pessoas que mostram a face e se fazem compreender sem máscaras, sem artefatos construídos.

Os líderes se construíram e se constroem em sua vida cotidiana. Seguidos pela admiração e a credibilidade de seus pares. Não se inventa um líder. Não se encomenda um líder. Nem tampouco dar-se a um homem ou a uma mulher a capacidade de se fazer líder atravessando décadas e modismos se esses heróis não tiverem a essência do povo.
Na atualidade a partir dos adventos da internet se tornou comum a tentativa de “fabricar”, impor e “vender” imagens falsificadas de “lideranças”.
Este processo de “fabricação” pode produzir “bonecos falsificados”, arremedos das verdadeiras lideranças. O que é importante ressaltar é que por trás desses “bonecos falsificados”, estão sempre e preponderantemente os interesses puramente financeiros de quem os patrocina. No entanto, essas “imagens falsificadas” não resistem às verdadeiras lideranças.

Os líderes verdadeiros estão acima do marketing e das publicidades. Lembremos que há mil anos não havia televisão, computador, twitter, mas já havia líderes. Os líderes falsificados e produzidos irresponsavelmente, não resistem aos embates contra as verdadeiras lideranças. Sabem por quê? Porque os verdadeiros líderes têm história e para se fazer história, levam-se décadas!

Não se produz um líder a partir de interesses comerciais, pois os mesmos conquistaram este direito, o qual não é destruído através de matérias encomendadas, plantadas em blogs irresponsáveis, administrados por laranjas internáuticos (os mais novos “personagens da era internet”, usados pelos fantasmas que não assinam as suas matérias e se escondem por trás de “bobos da corte”). No entanto torna-se fácil juntar as peças do jogo de xadrez e chegarmos aos possíveis autores. Basta analisar, acompanhar e pensar, como tenho feito nos últimos meses. Por isso, atentemos para as “manchetes destrutivas”, que intencionam destruir os nossos líderes verdadeiros. Temos nossos líderes, muitos por sinal.
Neste contexto quero trazer á tona dois exemplos de lideranças verdadeiras de nossa cidade.

Estou falando de Pedro Paulino (Pedro do Saco) e Titi Nobre, esses líderes estão entre nós, caminham junto a nós. Ninguém pode negar esta realidade!
Pedro Paulino e Titi Nobre têm seguidores, fiéis, que defendem o seu nome. Cada um atuando em campos diferentes. Pedro Paulino, agricultor, líder sindical. Dr.Titi Nobre, médico, no entanto, os dois líderes políticos.

Pedro Paulino e Dr. Titi Nobre, se mostraram fortes, resistentes, capazes, imbatíveis. Resistiram á décadas e se construíram líderes em nossa cidade e em nossa região. Meus respeitos e minha admiração por tudo o que venceram e ainda vencem em nosso cenário sócio-político.
Pedro Paulino Cruz, agricultor, professor, principal liderança sindical do município, fundador do STR de Florânia, Ex-vereador por cinco mandatos prestes há completar 67 anos, continua prestando relevantes serviços aos floranienses, como presidente do Sindicato, e como liderança política.

Francisco Nobre Filho (Dr. Titi), médico, clínico geral, maior liderança política de Florãnia, Ex-prefeito (gestão 2001 -2004), aos 66 anos, continua prestando relevantes serviços aos floranienses, como médico e liderança política.


Ambos têm histórias parecidas. Na infância e juventude, compartilharam fases de suas vidas, precisamente no sítio Catolé, onde seus pais, Seu João do Saco e seu Chico Nobre (compadres João e Chico) tinham propriedades.

Pedro e Francisco passaram parte de sua infância e juventude compartilhando atividades como: cuidar do gado e transportar em lombo de jumentos, o leite produzido para a venda na cidade de Florânia. Quando jovens, viveram a alegria nos forrós pé-de- serra, partilharam das mesmas amizades, das mesmas lembranças de outrora. Com a chegada da maioridade, quando os estudos os levaram por caminhos diferentes, tomaram rumos diferentes. No entanto, a amizade plantada na infância já havia florescido.


Pedro continuou a trabalhar no sítio Catolé e Francisco seguiu seus estudos escolhendo a área médica, a qual se dedica até hoje.


Pedro Paulino, em virtude das adversidades e das lutas, só veio concluir o ensino médio, mais tarde, quando já havia constituído família. Após seguir a carreira de liderança sindical, fundou o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Florânia, a quem até hoje preside e presta serviços aos floranienses que habitam na zona rural e também na cidade.

Recentemente Pedro Paulino e Dr. Titi, se encontraram na sede do Sindicato e por horas conversaram relembrando as suas histórias de vida e suas trajetórias na política. No final da boa e agradável conversa, reafirmaram a amizade de outrora, que nem o tempo, nem os caminhos tortuosos da política conseguiram desgastar ou acabar.


Apesar de terem sido adversários políticos durante décadas, sempre prevaleceu o respeito e a admiração que conservam um pelo outro. O carisma de ambos os fez líderes, os fez homens que mudaram e continuam mudando a história das pessoas de nosso município.


Sendo assim pensemos sobre os verdadeiros líderes e suas histórias. Não se inventam nem se destroem líderes. Eles existem e resistem ao tempo, pois se construíram a partir dos seus feitos e de suas conquistas. Para isso já plantaram suas sementes. Um exemplo destas sementes são os novos líderes, dentre eles: o Vereador Geovani Pereira Cruz, fundador do Povoado João da Cruz e filho do líder sindical Pedro Paulino Cruz.


Liderança se conquista. Portanto, não se inventa, não se compra, nem se vende! Atentemos para isto!

Abraços: Divoene Pereira Cruz Silva
Pedagoga e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

NACIONAL: Governo anuncia corte de R$ 50 bilhões no Orçamento

Os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Miriam Belchior, anunciaram há pouco um corte de R$ 50 bilhões nas despesas previstas na Lei Orçamentária Anual de 2011 (LOALei especial que contém a discriminação da receita e da despesa pública, de forma a evidenciar a política econômica financeira e o programa de trabalho do governo, obedecidos os princípios de unidade, universalidade e anualidade. É também conhecida como Lei de Meios, porque possibilita os meios para o desenvolvimento das ações relativas aos diversos órgãos e entidades que integram a administração pública.) aprovada pelo Congresso.
O decreto de reprogramação orçamentária com o valor autorizado de gasto para cada programa e ação do governo federal será divulgado na próxima semana, após uma discussão com cada ministério. Só então será possível saber quanto desse valor cortado será de emendas parlamentares.
O ministro da Fazenda disse que, ao contrário de outros anos, quando o governo anunciava o bloqueio dos recursos e depois liberava as verbas de acordo com o comportamento das receitas, a ideia inicial é manter os recursos bloqueados até o fim do ano.
Arrecadação
O Congresso aprovou previsão de receitas para 2011 no valor de R$ 819 bilhões e, enquanto isso, o governo refez o cálculo e considerou “mais realista”, segundo Mantega, a previsão de arrecadação de cerca de R$ 800 bilhões.
O ministro ressaltou que o contingenciamentoBloqueio de despesas previstas no Orçamento Geral da União. Procedimento empregado pela administração federal para assegurar o equilíbrio entre a execução das despesas e a disponibilidade efetiva de recursos.
As despesas são bloqueadas a critério do governo, que as libera ou não dependendo da sua conveniência. leva em conta um salário mínimo de R$ 545. Ele disse também que, se for confirmado esse valor para o mínimo, o governo aceita corrigir a tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física em 4,5%.
Concursos
Para se adequar ao corte, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, anunciou uma série de medidas administrativas de redução de gastos. Entre elas, está uma auditoria nas folhas de pagamento para detectar irregularidades, tanto em salário quanto em aposentadoria e seguro-desemprego.
Além disso, disse a ministra, será suspensa a realização de concursos públicos e a nomeação de candidatos aprovados nessas seleções.
segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

FLORÂNIA: SINTFLOR E SINTE/RN, MOBILIZARÁ CATEGORIA DA EDUCAÇÃO PARA O CUMPRIMENTO DAS CONQUISTAS: PISO SALARIAL E PLANO DE CARREIRA EM VIGOR.


O SINTFLOR que tem como Presidente o servidor efetivo Clóvis Silva, está mobilizando conjuntamente com o SINTE/RN, em 09 de Fevereiro um grande encontro dos profissionais da educação para discutirem conquistas e direitos da educação que vem sendo renegados pelo Prefeito Sinval Salomão(PTB), que desde que assumiu a Prefeitura em 1º de janeiro de 2009, além de não cumprir o Piso Nacional da Educação regulamentado por Lei federal, descumpre e ignora de forma absurda a Lei Municipal que sancionou o Plano de Carreira dos Profissionais da Educação, principal conquista da categoria.

O Plano de Carreira da Educação foi aprovado na gestão 2001-2004, no mandato do então Prefeito Francisco Nobre Filho(Dr. Titi), sendo considerado a principal conquista dos profissionais da educação em 20 anos de luta, sendo cumprindo durante todo o mandato de Dr. Titi, e consecutivamente no mandato posterior do Prefeito Flávio José(PT), que teve a incumbência de promover algumas adequações. Todavia, com o mandato do Prefeito Sinval Salomão(PTB), a partir de 1º de janeiro de 2009, os Professores tiveram seus direitos renegados, castrados, arrebatados e interrompidos de forma sutil e absurda, além de freqüentes práticas explicitas de perseguição política contra servidores municipais, além da tentativa imposta do Prefeito de derrubar a qualquer custo a Gestão Democrática nas escolas, chegando a afastar tempestivamente todos os diretores e vices que haviam sido eleitos pela comunidade escolar, o qual pretendia trazer de volta o arcaico e ultrapassado modelo de diretores indicados por critérios político, o que findou por lhe custar uma derrota simbólica e amargosa na justiça.

Passados 02 anos do atual governo municipal, já no desembocar do 3º para o ultimo ano de mandato ... meio que no gêlo ... meio que na surdina ... como quem não quer nada, e querendo, não há nem um sinal por parte do Prefeito Sinval Salomão(PTB) de cumprir os direitos dos profissionais da educação que lhes foi arrebatado.

Diante de tal quadro de incerteza, abuso do poder e desprezo pela educação, enquanto a justiça não decide pelo cumprimento das leis e ressarcimento dos prejuízos para os docentes o SINTFLOR E SINTE/RN, terão importâncias estratégicas na condução dos acontecimentos e das decisões que haverão de ser tomadas nos próximos dias que se antecedem ao início do ano letivo.

EDUCAÇÃO: As crianças superdotadas e a educação escolar.

ARTIGO

Ter alunos ou filhos com habilidades acima da média requer do professor e dos pais cuidados especiais, pois estas habilidades podem se apresentar como problema se não forem acompanhadas e desenvolvidas por profissionais especializados.

Dados oriundos da Organização Mundial de Saúde (OMS) calculam que pelo menos 5% da população têm algum tipo de alta habilidade. Em nosso país, até o ano passado, haviam sido diagnosticados 2,5 mil jovens e crianças com altas habilidades, os chamados superdotados.

Os estudos em torno das Inteligências Múltiplas, defendidas por Gardner, tiveram papel determinante para que compreendêssemos como se processa a alta habilidade no ser humano. Estes estudos garantem suporte aos professores para trabalharem com os alunos superdotados, numa perspectiva de crescimento pessoal e intelectual destes.

A superdotação ocorre em qualquer aluno, em qualquer local ou classe social e até nos alunos com alguma limitação física ou psíquica.

Da mesma forma que os estudantes diagnosticados com dificuldades de aprendizagem precisam de flexibilização nas aulas e de apoio por parte do professor e da família, os superdotados também necessitam deste apoio.

Para trabalhar a superdotação o professor precisa ter domínio de estratégias diversificadas, apoio externo de outros profissionais especializados, dentre eles: fonoaudiólogo, neuropediatra, clinico geral, psicólogo, psicopedagogo, dentre outros. Esta equipe chamada de multidisciplinar deve atender as necessidades específicas de cada educando.

As altas habilidades, ou superdotação, dividem-se em seis grandes blocos: Capacidade intelectual geral, Aptidão acadêmica específica, Pensamento criativo, Capacidade de liderança, Talento especial para artes e Capacidade psicomotora.

Após ser diagnosticado a superdotação e área em que a criança se destaca, o caminho é trabalhar a família e a escola para que a criança possa desenvolver seus potenciais e atingir os objetivos pessoais e da sua formação escolar.

Em suma, olhemos com cuidado para nossos filhos e alunos para que não passe despercebido as altas habilidades que possuem. Você pode ter em casa ou em sua sala de aula um superdotado. O superdotado é um gênio. Cuidemos de nossos gênios.
________________________________________
Abraços: Divoene Pereira Cruz Silva
Pedagoga e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

FLORÂNIA: Justiça Eleitoral institui urna eleitoral no Povoado João da Cruz.


Vereador Geovani Pereira Cruz - autor do requerimento

Através da petição nº 6436-34.2010.6.20.0021/2010, o Juiz Eleitoral João Eduardo Ribeiro de Oliveira, cria local de votação na Escola Municipal Francisca Leonísia da Cruz, no Povoado João da Cruz, que fica a 15,5 km da sede Florânia, para atender ao interesse público local, para facilitar ao exercício da cidadania aos eleitores rurícolas daquela comunidade.

Os procedimentos foram antecedidos por estudo de viabilidade efetuado pelo Cartório eleitoral junto ao Tribunal Regional Eleitoral, após Requerimento do Vereador Geovani Pereira Cruz.

Há mais de dois anos o Vereador Geovani Pereira Cruz, fundador do Povoado João da Cruz, a pedido da comunidade vinha mobilizando esforço no sentido de conseguir junto ao Cartório eleitoral a criação de Urna eleitoral na comunidade, objetivando assim, facilitar o exercício da cidadania através do voto livre e democrático. Disse Geovani: “Agradecemos ao Juiz Eleitoral que atendeu e compreendeu a nossa necessidade quando através de Requerimento expressamos a importância de fortalecer a cidadania e principalmente a identidade política e cultural da nossa comunidade, que já é a maior de toda a região seridó”.

ÍNTEGRA DA PETIÇÃO COM DECISÃO JUDICIAL

NACIONAL: Consumidor tem 90 dias para pedir ressarcimento por danos do apagão

Os moradores da região Nordeste, que sofreram com um apagão de cerca de quatro horas durante a madrugada desta sexta-feira, 4, e tiveram algum aparelho eletrônico danificado, deve procurar a distribuidora de energia em até 90 dias para pedir o ressarcimento.

Segundo resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), de 2004, que estabelece as disposições relativas ao ressarcimento de danos elétricos em equipamentos instalados em unidades consumidoras, causados por perturbação ocorrida no sistema elétrico, o consumidor tem o prazo de até 90 dias corridos, a contar da data provável da ocorrência do dano elétrico no equipamento, para solicitar o ressarcimento à distribuidora.

A solicitação de ressarcimento pode ser efetuada através do atendimento telefônico, das agências de atendimento, pela Internet e outros canais que a distribuidora dispuser. O consumidor pode optar também entre inspeção in loco do equipamento danificado ou disponibilizá-lo para inspeção mais detalhada pela distribuidora ou empresa por ela autorizada.

Já a distribuidora deverá informar ao consumidor a data e o horário aproximado para a inspeção ou disponibilização do equipamento e inspecionar e vistoriar o equipamento no prazo de até 10 dias corridos, contado a partir da data do pedido de ressarcimento.

Para eletrodomésticos usados na conservação de alimentos perecíveis, como geladeiras e freezers, a vistoria deve ocorrer em até 1 dia útil, informa a Aneel.

A distribuidora deve informar ao consumidor, por escrito, no prazo máximo de 15 dias corridos, contado a partir da data da vistoria ou, na falta desta, a partir da data do pedido de ressarcimento, sobre o resultado do pedido de ressarcimento.

O ressarcimento poderá ser feito por meio de pagamento em moeda corrente ao solicitante ou, ainda, providenciar o conserto ou a substituição do equipamento danificado em até 20 dias corridos.

NACIONAL: Falha 'rara' causou apagão, diz Chesf

RIO - A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) divulgou nesta sexta-feira, 4, nota explicando o apagão que tomou conta do Nordeste na madrugada de hoje. Segundo a empresa, a 0h08 de sexta-feira (horário de Brasília), um defeito no componente eletrônico denominado 'cartela' acionou, indevidamente, o sistema de proteção da linha de transmissão que interliga as usinas de Luiz Gonzaga, localizada no município de Jatobá (PE), e de Sobradinho (BA).

Na sequência, à 0h21, ocorreu o desligamento da Subestação Luiz Gonzaga e sete estados do Nordeste Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará foram afetados com interrupção de energia, tendo sido a última carga restabelecida às 4h37min.

Na nota, a Chesf informa que segundo superintendente de Operação, João Henrique Franklin, depois de identificada a origem do defeito, todas as medidas necessárias foram tomadas para normalizar o atendimento o mais breve possível.

'Foi um evento considerado raro e a Chesf está trabalhando no Relatório de Análise de Perturbação, que será feito em conjunto com o Operador Nacional do Sistema (ONS)e com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)', afirmou. A recomposição das cargas foi iniciada nos seguintes horários: Fortaleza (1h10), Aracaju e Salvador (2h05), Recife (2h15), João Pessoa (2h25), Maceió (3h35) e Natal (4h10).

NACIONAL : Dilma ficou preocupada com apagão, diz porta-voz do Planalto

BRASÍLIA - O porta-voz do Planalto, Rodrigo Baena, disse na tarde desta sexta-feira, 4, que a presidente Dilma Rousseff determinou ainda na manhã de hoje à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o reforço na fiscalização preventiva das empresas do setor para evitar apagões como o que ocorreu na região do País na última madrugada.

Em entrevista no Palácio, Baena disse que a presidente determinou ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que cobre das empresas de energia o reforço na manutenção dos serviços. Hoje pela manhã, em entrevista, Lobão afirmou que o governo ainda não tinha conhecimento da 'causa definitiva' do desligamento de energia e que houve apenas 'uma perda temporária de energia.'

Ao ser perguntado se Dilma também minimizou o problema, Baena respondeu: 'A presidenta de nenhuma forma minimizou o problema do apagão ocorrido nesta madrugada no Nordeste brasileiro, tanto que pediu à Aneel que reforçasse fiscalizações. De fato ela ficou preocupada.'
Dilma foi informada do apagão logo após o ocorrido, ainda durante a madrugada, e pela manhã começou a conversar sobre o problema com técnicos do governo e da área de energia.

NACIONAL: Resistência de Dilma em negociar mínimo irrita centrais sindicais

Paulo Pereira da Silva - Presidente da Força Sindical

SÃO PAULO - A queda de braço entre governo e centrais sindicais em relação ao reajuste do salário mínimo e à correção da tabela do Imposto de Renda (IR) pôs fim à 'lua de mel' entre a presidente Dilma Rousseff e os sindicalistas que trabalharam por sua eleição. Os líderes sindicais prometem realizar mobilizações contra a proposta de R$ 545 do governo e levar a disputa para o voto no Congresso Nacional. Segundo eles, a política de Dilma não dá continuidade à implementada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

'Estamos incomodados com o início do governo Dilma. É uma tentativa do mercado de mandar em tudo e não vamos concordar com isso', disse o presidente da Força Sindical, deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho, ao afirmar que a presidente está pautando a política de contenção de gastos por uma imposição do mercado. 'Essa reunião foi frustrante', reclamou, após encontro em São Paulo com o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Trabalho, Carlos Lupi.

Para o presidente da Força, está claro que a política de reajuste salarial do governo Lula deu certo porque valorizou a camada mais pobre da população e que o ex-presidente 'sempre interveio em favor dos trabalhadores'. 'Vamos resistir à essa queda de braço', afirmou o parlamentar, ao informar que haverá grandes manifestações de rua contra o projeto do governo. As centrais vão se reunir na segunda-feira para decidir como irão realizar os protestos. No entanto, de acordo com ele, a posição das centrais sindicais 'ainda não representa' uma declaração de guerra.

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, endossou o discurso de Paulinho. 'Estamos um pouco surpresos. Ela (Dilma) não nos atendeu ainda e engessou as negociações. Isso está dificultando muito que a gente avance', reclamou. Já o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique da Silva, destacou que os sindicalistas não vão abrir mão do aumento real do salário mínimo e da correção da tabela do IR. 'Queremos a continuidade do que foi feito no governo Lula', afirmou.
O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, que participou da reunião com os sindicalistas e é do mesmo partido de Paulinho, não estava presente na entrevista coletiva concedida pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e o secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Segundo Carvalho, Lupi tinha outro compromisso, mas está inteiramente de acordo com a proposta do governo. 'Quando está no governo, você não defende uma posição pessoal e sim uma posição do conjunto, e o Lupi está de acordo', justificou.

Tanto Mantega quanto Carvalho negaram que a proposta do governo Dilma Rousseff esteja em desacordo com a firmada com as centrais sindicais em 2007, que definiu o reajuste salarial de acordo com a inflação mais o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes, e reforçaram que o projeto apresentado agora pelo governo representa o compromisso de Dilma com a responsabilidade econômica e a manutenção dos programas sociais. 'Não é verdade que haja uma ruptura', disse Carvalho.

Os ministros destacaram que o acordo firmado em 2007 trouxe garantias reais de aumento para os trabalhadores. 'Houve um avanço', reconheceu Mantega. O ministro da Fazenda ressaltou, porém, que é importante para o governo manter a mesma regra em vigor. 'Gostaríamos de dar um aumento maior, mas isso fere o acordo.' Mantega também lembrou que o governo enfrenta um ano de dificuldades orçamentárias e de contenção de gastos. O governo quer manter o acordo, mas os trabalhadores querem repeti-lo só em 2012. 'Eles querem uma exceção para 2011. Aí fica uma negociação aleatória', disse Mantega.

NACIONAL: Maioria dos empresários brasileiros espera aumento da receita em 2011

Os empresários do setor privado de todo o mundo estão mais otimistas a respeito das variáveis econômicas para 2011 do que estavam no início do ano passado, principalmente em relação ao aumento da receita. De acordo com a pesquisa International Business Report com companhias de 39 países, a América Latina é a região que se mostra mais otimista, com 80% das companhias esperando aumento de receitas. O Brasil (81%) apresentou neste item otimismo bem acima da média mundial (56%), assim como o México (78%). Porém, o Chile alcança um índice maior (90%), fazendo dele um dos países mais otimistas do mundo em termos de expectativas de receita.

Na pesquisa feita pela consultoria Grant Thornton, o empresários entrevistados mencionaram o aumento da receita como a principal tendência para 2011 (56% de todos os pesquisados preveem melhora neste item). Em seguida, aparece o aumento da rentabilidade (40%) das empresas. Em comparação ao estudo anterior feito no início de 2010, estes números representam um aumento de 16 e 11 pontos porcentuais, respectivamente. No Brasil, o segundo indicador mais mencionado também foi a rentabilidade (com 71% das respostas - 14 pontos a mais ante a pesquisa anterior).

'As expectativas de preços de venda apontam para uma inflação sob controle e os níveis de receitas e rentabilidade esperados devem posicionar a economia brasileira como uma das mais fortes do mundo', afirma o CEO da Grant Thornton Brasil, Jobelino Locateli. Somente no quesito exportação é que os brasileiros (14%) apontaram expectativa menor que a média mundial (22%).

Emprego

As expectativas de trabalho do empresariado brasileiro foram as mais altas do mundo: 62% acreditam em aumento dos níveis de emprego para 2011. Na América Latina, esse índice ficou em 56%. Chile (65%), Argentina (46%) e México (46%) também mostram uma tendência positiva.

O resultado mundial mostra um panorama menos positivo: apenas 29% dos entrevistados disseram esperar um aumento nos níveis de emprego. A União Europeia (UE), com 17%, é apontada como a região com as perspectivas menos otimistas e neste continente se encontram os países com expectativa mais baixa na economia mundial quanto ao emprego: Grécia tem expectativa 17% menor que na pesquisa de 2010, Irlanda 14% a menos e Espanha, 5% menor.

O Reino Unido e os Estados Unidos também se mostram menos otimistas quanto ao emprego em relação ao Brasil e a América Latina. De acordo com a pesquisa, apenas 27% dos britânicos esperam ver um aumento do emprego, enquanto 28% dos norte-americanos creem que a situação vai melhorar.

Segundo a Grant Thornton, o International Business Report é um levantamento que tem 19 anos e fornece, anualmente, informações sobre as opiniões e expectativas de mais de 11.000 empresas em 39 economias. A empresa foi feita nos meses de novembro e dezembro de 2010.